REFORÇOS NÃO SERÃO SOLUÇÃO PARA TUDO

Necessidade de reforços. Só se fala nisso. Com o exagero, muito perigoso, de que declarações públicas coloquem em rota de colisão o treinador, Renato, e a diretoria. Comungo da idéia de que nos falta qualidade, especial e principalmente no ataque. Mas somente isto tem determinado as dificuldades do Grêmio nas partidas? Com certeza não.
Não se pode dizer que Victor, Mário Fernandes, Gabriel, Fábio Rochemback, Douglas não seriam titulares em 99% dos times que disputam o Campeonato Brasileiro. São cinco jogadores, de onze que entram em campo.
Em um segundo escalão, não são desprezíveis, pelo contrário, Vilson, Neuton, Saimon (este ainda precisa ser mais testado), Lúcio, Escudero, Adilson e Leandro. Deixo de referir Marquinhos, por não estar, ainda, totalmente disponível.
Ora, diante disso teríamos que estar atuando melhor. Bem melhor!
Na verdade as fracas atuações do Grêmio vêm desde o início de 2011. E não me venham dizer que tínhamos menos qualidade do que o Caxias, para quem quase perdemos no Olímpico, em uma final.
Onde estão as atuações do time do Renato de 2010? Quem se desloca, e de que forma, para que as jogadas, ultrapassagens e triangulações apareçam? Como devem ser feitas as jogadas? Não identifico uma, sequer, no time de 2011. Salvo aquela em que o Rochemback vem buscar a bola no pé do zagueiro, seja qual for, para então ‘tentar alguma’ coisa. Como se o zagueiro fosse um completo incompetente e como se o adversário não fosse esperar armado para marcar uma saída tão lenta e óbvia. E não falo da qualidade do Fábio, incontestável, mas sim da inexistência completa de articulação de jogadas e opções.
Quando voltaremos a ter jogada de bola parada que obrigue, pelo menos, que o goleiro adversário tenha que defender uma cobrança de falta, frontal ? Quando nossos cobradores deixarão de ‘selar’ o adversário da barreira, ou criar uma jogada, pós ‘reunião de batedores’, que não só não tenha nenhum efeito positivo como crie contra-ataque para o adversário ?
Quero o Renato treinador de 2010. É hora de buscar isso. Pois, do contrário, não serão suficientes os reforços que pede para sermos campeões.
É a minha opinião.

Juliano Ferrer

1 comentário para “REFORÇOS NÃO SERÃO SOLUÇÃO PARA TUDO”

  1. PAULO R.F.FERRER disse:

    É inceitável que os jogadores do Grêmio não consigam sequer colocar a bola no gol cobrando faltas. Rockemback e Douglas são habilidosos; a ineficiência só pode ser explicada por falta de treino. Em 2003, quase caindo para a 2ª Divisão, o Adilson ensinou Cláudio Pitt Bull a cobrar faltas, o que nos ajudou muito.

Comente